Irritabilidade, ansiedade, depressão, hipersensibilidade emocional, dor de cabeça, tontura, retenção de líquidos, ganho de peso, ondas de calor, insônia e fadiga são alguns dos sintomas físicos e psíquicos mais conhecidos da TPM (Tensão Pré-Menstrual).

Muitas mulheres costumam sofrer com esse conjunto de sinais que se manifestam, repetidamente, de duas semanas a dois dias antes da menstruação. Mas, mesmo com toda essa divulgação do assunto, algumas mulheres ainda têm dificuldades para reconhecer que sofrem de TPM, afinal, essas variações de humor podem ser atribuídas a muitas causas.

Dados sobre a TPM

Estudos revelam que 20 a 30% das mulheres apresentam alguns desses sintomas pré-menstruais, sendo que 5% se queixam de ter suas vidas impactadas de forma significativa pelo problema.

Os sintomas da TPM podem variar de mulher para mulher, uma mesma pessoa, por exemplo, pode ter períodos de TPM diferentes entre si. Fatores sociais e culturais estressantes, experiências vividas, além de doenças, principalmente relacionadas aos transtornos afetivos, parecem influenciar a TPM.

Explicação para a compulsão

Com certeza um dos maiores problemas enfrentados pelas mulheres que sofrem com a TPM é a irresistível vontade de comer doces e carboidratos. E sabe por que isso ocorre?

Na segunda fase do ciclo, ocasionalmente acontece uma redução da quantidade de insulina e consequentemente essa diminuição da quantidade de açúcar no sangue leva à vontade de comer o que geralmente engorda ou não é nada saudável.

Sem contar a retenção de líquidos, que dá aquela sensação peso e de barriga e seios sempre inchados. Isso acontece porque o sal consumido costuma ficar no sangue, fazendo com que a mulher urine menos.

Vamos falar da parte mental…

Ah, essa com certeza é muito afetada durante a TPM. Sem colocar em segundo plano os desconfortos físicos enfrentados pelas mulheres como as cólicas horríveis, dores no corpo e outras alterações físicas, há aquela TPM que mexe com a cabeça. Não é brincadeira e nem “mimimi” não! Pesquisas revelam que neste período, a química cerebral pode sofrer alterações devido à “explosão” de hormônios, característica do chamado ciclo menstrual.

A pior parte, é que essa TPM que afeta a mente e o emocional, torna-se mais evidentes nos momentos em estamos vivendo momentos, vamos dizer, delicados e estressantes. Joga tudo isso em um pacote só e o resultado é uma situação terrivelmente negativa que parece não ter fim. É como se estivéssemos fora de sintonia e o mundo parecesse um caos.

Muitas vezes esses excessos de irritabilidade e frustrações ainda são acompanhados por uma tristeza, com choros fáceis e constantes, desmotivação e uma profunda melancolia sem justificativa. A TPM faz com que muitas supermulheres queiram apenas ficar na cama e deixar que o “leão que matam cotidianamente” fique livre por aí.

Como então tratar ou amenizar a TPM?

Se você leu esse ARTIGO até aqui e se identificou, a BioHervas quer também te falar que não é preciso conviver com tanto desconforto causado pela TPM sem reagir a isso. A mudança de alguns hábitos e principalmente o acompanhamento médico podem e muito, te ajudar a combater esses indesejados sintomas, afinal, eles estão ligados a alterações hormonais.

Então, comece com as medidas paliativas, cuidando da sua alimentação ao evitar café, chocolate, não consumindo cigarro e álcool, aumentando os exercícios físicos, pois eles liberam endorfinas cerebrais capazes de melhorar o humor de qualquer pessoa.

Muitas vezes os sintomas da TPM surgem devido à falta de vitaminas e minerais, então adicione à sua alimentação: Cálcio, Vitamina E, Magnésio (para combater o inchaço) e Vitamina B (para combater a ansiedade e falta de energia).

Há também muitos produtos naturais que podem ajudar nesta luta por uma vida equilibrada e longe da TPM, dentre eles: Erva de São Cristovão, Vitex Agnus-Castus e o Óleo de Prímula, ideal para amenizar os sintomas físicos desagradáveis.

Por último, mas não menos importante: vá ao médico para que os sintomas sejam avaliados corretamente e a melhor forma de tratamento prescrita. Atualmente existem muitos medicamentos que atuam com sucesso no combate da TPM, porém o médico deve orientar sobre a opção mais adequada, pois lembre-se: há um tipo de tratamento para cada tipo de TPM e de mulher.

Referências

Tensão Pré-Menstrual

http://www.sbmfc.org.br/media/file/diretrizes/18Tensao_PreMenstrual.pdf

TPM Sem Tensão

https://www.endocrino.org.br/tpm-sem-tensao/

10 remédios naturais contra a TPM

https://lar-natural.com.br/tpm-10-remedios-naturais/

WhatsApp chat